A Capa


Pela primeira vez, um gay assumido disputará o governo de Goiás

Por Redação em 09/03/2018 às 13h31

Pela primeira vez, um  gay assumido disputará o governo de Goiás
Filho de uma merendeira e um pedreiro, o Policial Federal e gay assumido, Fabrício Rosa, de 38 anos, surge como um nome alternativo à velha política que há décadas toma conta do estado de Goiás.

Pré-candidato pelo PSOL ao governo do estado, o agente federal será o primeiro homossexual assumido a disputar o pleito, que tem ainda nomes conservadores como Ronaldo Caiado (DEM), José Eliton (PSDB) e Daniel Vilela (MDB).

Além de agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Rosa também é professor de Direitos Humanos e Ética, cujo perfil político é progressista, engajado com pautas sociais. Se eleito, ele afirma que seu mandato se sustentará em quatro pilares principais: segurança pública, direitos humanos, saúde e educação.

O nome de Fabrício, que já foi candidato a vereador em 2014, foi cotado por fazer contraposição às demais candidaturas anunciadas para Goiás, de acordo com o presidente municipal da legenda, Flávio Marcos. "Tem um perfil diferente, é da PRF, tem um trabalho bastante interessante em uma polícia antifascista, mais voltada aos interesses da população. É assumidamente gay e nossa intenção é ampliar as plataformas do partido, como a luta do antiproibicionismo, legalização das drogas, pautas LGBT, em favor dos trabalhadores e da juventude", declarou.

Ciente do desafio de concorrer com nomes sólidos em Goiás, o pré-candidato afirma estar consciente e confiante. "Entro no pleito sabendo que nossa candidatura é pequena, mas estou confiante, no sentido de levar pautas que não seriam discutidas pelos candidatos conservadores. Quem sabe não podemos modificar o pensamento dessas pessoas para que seus mandatos possam inserir a pobreza no orçamento e no plano de governo deles, que geralmente deixam esse assunto de fora", disse.

"Atuo há mais de 20 anos com projetos sociais, desempenhando ações em comunidades, ocupações, que vão desde levar cesta básica a acesso às informações. Por ser gay, claro, a gente tem uma sensibilidade para lidar com ações com diversos grupos. Quanto à realidade LGBT, precisamos de políticas públicas, por exemplo, de combate à homofobia nas escolas. Não queremos privilégios. Queremos respeito, igualdade. Sofri, apanhei na escola por ser gay. Pregamos o direito de que as pessoas possam ser quem são sem serem expulsos de casa, como eu fui. Isso ainda acontece muito, então precisamos combater isso", declarou Flávio.

O lançamento oficial da candidatura de Flávio Rosa ao governo de Goiás deverá acontecer no dia 22 de abril. Para viabilizar sua campanha, o partido tenta aproximação com legendas como PCB e PSTU, além de organizações políticas como Polo Comunista e Unidade Popular. "Vamos tentar diálogo com os partidos e com essas entidades, que também possuem militância bem relevante", afirmou.

Com informações do site Mais Goiás




Que tal mais caras e encontros?
Tem horas que tudo que mais queremos é ter vários contatinhos na agenda para um sexo bem gosto, mas às vezes queremos apenas aquele contato especial, aquele crush magia, para ir no cinema e levar pra jantar.

O legal é que tem lugares que você pode encontrar tudo isso, tanta gente querendo encontros casuais e deliciosos como um amor pra vida. O Disponivel.com é este lugar e está cheio de caras incríveis perto da sua casa.

Já são 15 anos formando casais, encontros e tudo isso... Além do que você pode ver os caras ao vivo pelas câmeras ou seus vídeos gravados, conversar no chat... Tem muita coisa. Entre aqui e aproveite agora e gratuito.



Você quer receber nossas noticias por email?



Link

Comentários








Acordão: Sou de Goiânia e fico triste por esse candidato não tenha chance de ganhar. Goiânia é a cidade mais liberal de Goiás, por ser a maior cidade do estado, mas é bastante conservadora, o percentual de evangélicos na capital goiana é alto, o goiano de forma geral vê os partidos de esquerda como "Ameaça Comunista" (mesmo que a Guerra Fria tenha acabado em 1991). Se ir pro interior é pior ainda, lá as pessoas ainda possuem ideias medievais, votando em Caiado (DEM) e Marconi (PSDB), e nada anuncia que isso vai mudar.

Marcos Dantas: Procura alguns amores

mineiro: Esse Ronaldo Caiado ainda é vivo e disputando cargo politico? Incrivel como essa doença desses politicos é terrivel, eles não conseguem largar o osso, nem aproveitam o dinheiro que roubam. Cito tambem como exemplo Lula, Aécio, Sarney, Maluf, etc, etc.

iran: Gostei muito quando ele diz o seguinte:"Quanto à realidade LGBT,precisamos de políticas públicas,por exemplo,de combate à homofobia nas escolas.Não queremos privilégios.Queremos respeito,igualdade.".Também gostei muito dos quatro pilares em que ele,caso seja eleito,se apoiará,que são:Segurança Pública,Direitos Humanos,Saúde e Educação.Desejo Boa Sorte a ele.

Anterior  1  Próxima 

Ofertas Atirados

 

 

Cueca Breathable Mesh - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Cueca com Fechos Magnéticos Break A Way - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 125,90

 

 

Cueca Maximum Front Enhancement - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Jockstrap Maximum - Branca - Coleção Envy

 

Preço: R$ 199,00
PROMOÇÃO: R$ 169,90


É expressamente proibido a reprodução parcial ou total de qualquer conteúdo do site A Capa sem prévia autorização por escrito dos responsáveis.
A Capa na iTunes App Store A Capa no Android Market RSS Facebook Twitter SoundCloud
Cadastre-se no informativo