A Capa


Lojistas querem impedir a entrada de funcionária travesti em banheiro de shopping em Salvador

Por Redação em 10/01/2014 às 10h55

Lojistas querem impedir a entrada de funcionária travesti em banheiro de shopping em Salvador
Depois do caso envolvendo quatro transexuais em um shopping de São Paulo, situação parecida acontece na Bahia, em Salvador.
 
Lojistas do Shopping Barra resolveram fazer um abaixo-assinado pedindo para que se proíba a entrada de uma funcionária travesti no banheiro feminino.
 
O grupo, de aproximadamente 20 pessoas, alega que encontrar a travesti dentro do banheiro causa constrangimento. A funcionária em questão trabalha em uma lanchonete do shopping e tem faltado ao trabalho desde quando a polêmica começou.
 
O presidente do Grupo Gay da Bahia, Marcelo Cerqueira, considerou a atitude dos lojistas desumana. 
 
“É uma ação perigosa, que vai de encontro ao direito do cidadão. Atenta contra o direito de construção de uma identidade de uma minoria de pessoas, que já sofre com o preconceito. Considero desumano", pontuou.
 
Partindo da mesma opinião, a vice-presidente da Associação Nacional dos Travestis (Antra), Milena Passos, classificou o abaixo-assinado como um ato de transfobia. 
 
"Ela [travesti funcionária do shopping] não quer aparecer por vários motivos, com medo de ser prejudicada no ambiente de trabalho. Em pleno século XXI, isso acontecer é um absurdo", declarou.
 
Em resposta ao ocorrido, o Shopping da Barra declarou em comunicado que não tomará nenhum postura que viole o direito à dignidade humana, garantindo assim a entrada da travesti ao banheiro feminino. Confira abaixo a nota na íntegra do Shopping Barra.
 
"O Shopping Barra, reafirmando os princípios éticos que caracterizam seus 25 anos de existência, entende que as questões relativas à compatibilização da identidade de gênero e, de forma mais ampla, as relativas à liberdade de orientação sexual, estão intimamente relacionadas com os chamados direitos da personalidade e, portanto, com a própria dignidade da pessoa humana que é nada menos que um dos fundamentos da República Federativa do Brasil, conforme preceito inscrito no art. 1º, III da Constituição da República de 1988.
 
Não por outra razão que, embora se reconheça que muitos temas ainda sejam objeto de amadurecimento nas necessárias discussões da sociedade civil, não pretende adotar qualquer postura que venha a negar vigência a tal preceito geral de tutela da personalidade e, por consequência, ao próprio princípio constitucional da dignidade da pessoa humana".
 

 



Você gostaria de conhecer seu próximo namorado?

Se você quer conhecer vários caras bem próximos da sua casa ou do seu trabalho, nós temos uma solução completa e experiência de mais de 14 anos formando casais gays para namoro, casamento e também para uma noite de diversão.

Você só precisa se dedicar um pouquinho fornecendo suas informações com uma boa foto e pronto! Vários caras vão bater na sua porta querendo um pouquinho de você.

Gostou da ideia? É bem fácil, basta clicar aqui nesse link e digitar o seu e-mail para ter tudo isso.



Você quer receber nossas noticias por email?



Link

Comentários








dauto: POR MAIS QUE UM TRAVESTI ACHE QUE É MULHER,MAS É UM HOMEM. PARA RESOLVER ESSE PROBLEMA, DEVERIAM JÁ CONSTRUIR O TERCEIRO BANHEIRO .O POVO BRASIELEIRO É PRECONCEITUOSO MESMO por herança portuguesa NÃO TEM ESSA DE "DIVERSIDADE", QUE DIANTE DAS CÂMARAS : " NADA CONTRA....MAS..." no frigir dos ovos...

Paulo Garcia: Trabalho em uma empresa de Call Center, onde a diversidade acontece de forma livre e sem preconceitos. Mas essa semana alguns travestis que frequentam o banheiro feminino no setor que eu trabalho, literalmente passaram da medida: Já com direito conquistado de frequentar o banheiro das mulheres, elas agora também, entram e saem do banheiro masculino e como se não bastasse o total abuso, elas entraram em grupo no banheiro feminino e todas usaram os reservados fazendo seu "xixi" com as portas dos reservados abertas. Fica claro, que ultrapassaram o limite do respeito, fazendo do direito concedido, uma avacalhação.

diuver: ah! manda essas palhaças irem lavar um tanque de roupa bem suja para aprenderem alguma coisa na vida, isso é inveja porque com certeza a travesti em seu desejo de ser mulher, deve ser tão perfeita em seu estilo que as outras ficam é com inveja de seu corpo, rosto, cabelos, forma. por isso fizeram esse aue todo, pura inveja de pensar como um homem pode ser tão ou mais perfeito do que uma muler? INVEJOSAS!!!

RAFAEL: PARABENS AO SHOPPING PELA ATITUDE HUMANA E DIGNA

penisreceptor: Todo apoio a intersexualidade ou transexualidade...comprovadas...diagnosticadas...clínicas...enfim...mas continua um problema complexo...invertendo a situação...confesso me sentiria pouco a vontade...diante de uma lésbica...ou de um transexual masculino en vias de reorientação...no banheiro masculino...me sinto relativamente mal nas baladas/festas...hiper-liberais...e promíscuas...qdo os banheiros se enchem de ambos...ou todos os sexos...o tempo todo la dentro...causando...e afrontando...e dando close...e mil outras coisas...especialmente qdo ha banheiros masculinos cheios de mictórios comuns..sinto muito...

DANIEL: Atitude correta, tem banheiro masculino e feminino... travesti ou afins nunca vai ser mulher e ponto !!!!!!! me convenço cada vez mais que os homofóbicos ão os próprios homosexuais

FABIANO RICARDO: GENTE , HOJE NOS LOCAIS MAIS SENSATOS, CLÍNICAS POR EXEMPLO, JÁ EXISTEM BANHEIROS UNISEXX....EVOLUAM POR FAVOR!!!!AFH!

HeDC: Literalmente esse shopping quer "barrar" as travestis. Mas vai ser o contrário em "barrar" a validade desse abaixo assinado idiota...

Caio: Mas que saco desse povo sem noção que só sabe constranger os outros. O banheiro feminino têm cabines individuais e ninguém vê nada, exceto se desejar se mostrar na área comum (o que não é adequado). Além disso, se a travesti estiver bem "feminilizada", umas nem vão perceber e outras não terão nada que se intrometer, afinal elas se consideram mulheres. Até entendo elas alegarem que se for assim qualquer homem vestido de mulher poderá entrar lá só para vê-las. Mas se a travesti têm "corpo de mulher" e não causar no banheiro, não vejo problema. Gostemos ou não têm que ser assim para evitar transtornos de ambos os lados.

Anterior  1  Próxima 

Ofertas Atirados

 

 

Cueca Breathable Mesh - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Cueca com Fechos Magnéticos Break A Way - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 125,90

 

 

Cueca Maximum Front Enhancement - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Jockstrap Maximum - Branca - Coleção Envy

 

Preço: R$ 199,00
PROMOÇÃO: R$ 169,90


É expressamente proibido a reprodução parcial ou total de qualquer conteúdo do site A Capa sem prévia autorização por escrito dos responsáveis.
A Capa na iTunes App Store A Capa no Android Market RSS Facebook Twitter SoundCloud
Cadastre-se no informativo