A Capa


Conselho Nacional de Justiça arquiva processo de sargento gay contra juíza militar

Por Redação em 02/03/2011 às 12h30

Conselho Nacional de Justiça arquiva processo de sargento gay contra juíza militar

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ)  arquivou nesta terça-feira (1º) recurso do sargento gay Laci Araújo que acusava a juíza Zilah Maria Petersen de homofobia institucional. Zilah condenou Laci por decisão. O CNJ decidiu que não houve preconceito por parte da juíza.

Esta é a segunda vez que o CNJ decide que não houve homofobia. Laci Araújo havia recorrido da decisão anterior e que resultou neste último arquivamento. A relatora do processo, a ministra Eliana Calmon, deu voto contra o processo de Laci e os outros ministros a seguiram no voto. 

O ex-sargento e parceiro de Laci, Fernando Alcântara, declarou que já esperava por esse resultado. "Não tivemos êxito porque para conseguir processar um magistrado no país é difícil. Eles não vislumbraram abusos por parte da juíza, mas acho que há certo corporativismo. Mas isso é um posicionamento meu. Mesmo assim, consideramos positivo porque um juiz militar foi levado ao plenário do CNJ", afirmou.

Fernando de Alcântara e Laci Araújo travam batalha contra as Forças Armadas desde 2008, quando denunciaram corrupções internas no Exército. Desde então, eles alegam que vêm sofrendo perseguição. Fernando já foi exonerado e Laci ainda permanece no Exército. Agora, os dois pretendem entrar com uma ação na Corte Interamericana de Direitos Humanos, com sede na Costa Rica.



Você gostaria de conhecer seu próximo namorado?

Se você quer conhecer vários caras bem próximos da sua casa ou do seu trabalho, nós temos uma solução completa e experiência de mais de 14 anos formando casais gays para namoro, casamento e também para uma noite de diversão.

Você só precisa se dedicar um pouquinho fornecendo suas informações com uma boa foto e pronto! Vários caras vão bater na sua porta querendo um pouquinho de você.

Gostou da ideia? É bem fácil, basta clicar aqui nesse link e digitar o seu e-mail para ter tudo isso.



Você quer receber nossas noticias por email?



Link

Comentários








carlos: Quem realmente conhece a justiça, dificilmente fiará nela. Não é imparcial e a quem acredite que um dia ela será?

carlos jose: ISSO É UMA INJUSTIÇA CONTRA NOSSOS DIREITOS MESMO. MAS COM O TEMPO TUDO ISSO NORMALIZA.

Alexandre: Óbvio que há corporativismo. Pra que lei, sem quem a interpreta o faz como convém.

Luiz Mardos Cavalcante: Inegável a derrota jurídica, pois numa justiça essencialmente homofóbica, mas vitoriosa pela atitude de cidadania, usar instrumentos legais contra anacrônicos agentes públicos, sejam oficiais ou juizes etc, pagos pelo dinheiro dos homossexuais também, para fazer justiça e como tais serem justos. Ao meu sentir, esse processo tem no mínimo, um caráter pedagógico de cobrar cidadania, como também educativo, no sentido de que a justiça tem que ser cobrada a agir contra abusos ...

Jucelio Gomes: Como já previsto, ainda está longe o dia em que alguém venha ser condenado por homofobial, e isso me preocupa. Quantos já morreram por sua sexualidade, quantos já sofreram abuso nas escolas, clubes e outros lugares. Jamais a justiça vai querer ferir a integridade do exercito brasileiro, nem que para isso tenham que ferir pessoas. O ruim é ver pessoas injustiçadas com a falsa justiça que se prega neste pais, onde deputados se dão almentos absurdos, votam leis sem valor e sentido nenhum. O que podemos esperar de um pais onde a corrupção predomina em seus dirigentes?? Acredito que tenha que haver mais seriedade nos movimentos que reivindicam nossos direitos, para que assim, quem sabe, alguém resolva defender a nossa causa.

Paulo: É lamentável que esses fatos ainda ocorram no Brasil., porém, quando se assiste passivo a tantas outras atrocidades neste país a fora, nada mais nos surpreende. Elegemos uma câmara de deputados e um senado que não poderiam ser piores, aos quais compete aprovar "nomes" para o judiciário, que não poderia ser outro senão o reflexo dos componentes dessas casas... Mas a culpa desses desmandos em parte tb é responsabilidade da comunidade gay que é alienada, que ao invés de se engajar na luta de seus direitos prefere soltar as plumas e "causar" como costumam dizer.

marco aurélio: QUEM SABE QUANDO O BRASIL COMEÇAR A SER CONDENADO PELA CORTE INTERNACIONAL DE DIREITOS HUMANOS,NOSSA JUSTIÇA PERCEBA A INJUSTIÇA QUE NOS FAZEM.NUM PAÍS QUE NEM TODOS TEM ASCESSO AO JUDICIÁRIO, ALGUNS JUIZES ACHAM QUE SÃO SÃO DEUSES, OUTROS TEM A CERTEZA.DE UMA VEZ POR TODAS, CADE AS LEIS QUE NOS GARANTE NOSSOS DIREITOS? ASSIM NÃO FICAREMOS A MERCÊ DE BOA VONTADE E INTERPRETAÇÕES EQUIVICADAS DE ALGUNS MAGRISTRADOS.

Rafael: Rsrsrsrsrs!! WANDA LA WANDA, você é ótima! Assino embaixo!

WANDA LA WANDA: Parada gay só serve pra juntar travesti pra bater cabelo e bixa pão com ovo acuendar qualquer lixo. De resto, piora a imagem dos gays e faz com que posições como essa da justiça seja tomada sem nenhum protesto e crédito perante à sociedade. Se eles forem espertos, divulgam isso na Europa e USA, pois queimando a imagem do Brasil e divulgando a homofobia, talvez as coisas se resolvam.

Leitor: Será que gays duvidarão que exista corrupção homofóbica dentro do exército ou dentro do CNJ? Nossas instituições são, em sua maioria, homofóbicas e heterossexistas ou, quando na melhor das hipóteses, ineficientes para solucionar problemas sociais reais. Então arquiva-se.

luke: é por isto e muito mais, inclusive, por esta parada gay horrível de são paulo que nada reinvidica... que estou indo para Los Angeles, Adeus Brasil e sua democracia tupimiquim, não acredito mais em absolutamente nada neste pais de merda, também para quem elege um palhaço para o camara federal, o que quer mais????

Paz: é o brasil, gente, por gente como essa juiza é que o processo contra um herdeiros do Grupo RBS foi aqrivado depois do "abafa" que a empresa fez sobre o estupro envolvendo o filhinho de papai. Com certeza tbm será arquivado o processo contra o funcionario do banco central que atropelou ciclistas em Porto alegre. Brasil é isso! O povo nao vai mais pra rua como na epoca das diretas. E os gays tbm nao se politizam. tá na hora de parar com essa coisa de festinha em parada gay e reivindicar mais.

rafael: Eu acho uma piada achar que existe democracia nesse lugar. As coisas não mudaram muito desde o rigime militar. Aqui o que existe é a lei do mais forte. Para fazer alguma coisa funcionar só assim mesmo: recorrer a cortes internacionais.

Renard: "...mas acho que há certo corporativismo". Como ele foi educado pois na verdade seria TOTAL corporativismo. Juízes são praticamente intocáveis no Brasil, ganham muito bem, trabalham pouco apesar de jurarem o contrário, e são extremamente corporativistas....Não é à toa que o sonho de nove entre dez advogados é passar em concurso para se tornar juiz....

Anterior  1  Próxima 

Ofertas Atirados

 

 

Cueca Breathable Mesh - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Cueca com Fechos Magnéticos Break A Way - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 125,90

 

 

Cueca Maximum Front Enhancement - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Jockstrap Maximum - Branca - Coleção Envy

 

Preço: R$ 199,00
PROMOÇÃO: R$ 169,90


É expressamente proibido a reprodução parcial ou total de qualquer conteúdo do site A Capa sem prévia autorização por escrito dos responsáveis.
A Capa na iTunes App Store A Capa no Android Market RSS Facebook Twitter SoundCloud
Cadastre-se no informativo