A Capa


Ambiente Familiar: Após beijo, casal gay é expulso de lachonete em São Paulo

Por Diana C. em 30/01/2012 às 13h07

Ambiente Familiar: Após beijo, casal gay é expulso de lachonete em São Paulo

No último sábado (28), por volta das 16h, o jornalista Marcelo Hailer, 29, e o estudante Eros Prado, 19, estavam na "Lanchonete Parada Vergueiro", em frente ao Centro Cultural São Paulo.

Depois de consumir no local, os dois resolveram ficar mais tempo conversando. Neste momento, em que rolou um rápido beijo entre os dois, o casal começou a escutar batidas fortes vindo do balcão da lanchonete. Em seguida, um funcionário se aproximou e disse para os dois pararem de se beijar, porque ali era um "ambiente familiar".

"Dissemos a ele que também temos família e que existe uma lei estadual que pune atos como o dele, de homofobia", declarou Marcelo, que foi surpreendido com um "sei", em tom irônico, do funcionário.

"Ele voltou a afirmar que naquela lanchonete tal cena é proibida, porque vai muita família. Detalhe: além de nós e do funcionário, não tinha mais ninguém dentro do bar", revelou o jornalista.

De acordo com os relatos da vítima, o funcionário da lanchonete ficou o tempo todo com uma faca grande na mão, a mesma que usou para bater no balcão e chamar a atenção do casal.

Após a homofobia sofrida, Marcelo Hailer fez registro do ocorrido no sistema online da CADS (Coordenadoria de Assuntos de Diversidade Sexual) e, agora, junto de seus amigos e parceiros de militância, pretende organizar um beijaço em frente à lanchonete.

"Aquela região, por conta do Centro Cultural, é muito frequentada pela comunidade LGBT, e se a lanchonete nos expulsou, já deve ter feito isso outras vezes e com certeza fará novamente com outros casais gays", afirmou.

Ao site A Capa, Francisco (que não quis falar seu sobrenome), responsável pela Lanchonete Parada Vergueiro, disse que o casal não foi expulso, apenas foi pedido para que eles não se beijassem no local.

"Este é um ambiente familiar e não permitimos esse comportamento", declarou o gerente. Ao ser questionado se em um ambiente familiar um casal hétero também não poderia se beijar, Francisco declarou que a "regra do estabelecimento é para todos".

Então ninguém pode se beijar, dar um selinho, dentro da Lanchonete Parada Vergueiro? "Aqui é um ambiente familiar, um restaurante, não condiz com o ambiente esse tipo de comportamento", reafirmou o gerente.



Você gostaria de conhecer seu próximo namorado?

Se você quer conhecer vários caras bem próximos da sua casa ou do seu trabalho, nós temos uma solução completa e experiência de mais de 14 anos formando casais gays para namoro, casamento e também para uma noite de diversão.

Você só precisa se dedicar um pouquinho fornecendo suas informações com uma boa foto e pronto! Vários caras vão bater na sua porta querendo um pouquinho de você.

Gostou da ideia? É bem fácil, basta clicar aqui nesse link e digitar o seu e-mail para ter tudo isso.



Você quer receber nossas noticias por email?



Link

Comentários








KAIQUE GOMES: O comentário de Raone foi super infeliz, não acho que uma demostração de carinho, como um beijo, seja um ato de libertinagem tanto para heteros quanto para homossexuais. Ele disse que o mesmo ato seria repreendido se fosse um casal hetero, coisa que eu duvido acontecer.

José Ruiz: Pelos comentários abaixo, o maior problema dos gays são os próprios gays.. rs.. quer dizer que é feio beijar em público? Bonitos são os corpos que aparecem na TV naqueles programas de pseudo-notícias que exploram assassinatos, né? Ou a vulgaridade a que são expostas as mulhers na TV..

Hugo: O RAONE esta correto! Aplausos pra você RAONE!

GILBERTO: CONCORDO PLENAMENTE COM O RAONE SOU GAY E NÃO PRECISO ME ESPOR DESTA MANEIRA, MESMO PORQUE NAO ME FARIA MAIS FELIZ FICAR AGARRANDO HOMEM E BEIJANDO EM PÚBLICO.

RAONE: Concordo com o funcionário. Não precisamos nos expor para o público. Pra quê? Pra mostrarmos que estamos namorando? Que somos gays? Pra impor ou pra arranjar confusão mesmo? Militância? Temos nossos meios para beijar, fazer sexo, etc. Gays estão confundindo liberdade com libertinagem.

karine: sxhibition - não me pego lá..... eu vou, almoço, converso com todo mundo.... já passei várias sexta feiras, sabados e tal por lá... nunca vi nenhum tipo de preconceito, volto a afirmar... quem é gay sabe reconhecer um na maioria daz vezes, e mto de nós almocamos lá, somos mto bem tratados... continuo não acreditando que as coisas foram dessa forma... porque não aceitam conhecer o lugar antes de sair julgando? passem por ´lá, almocem, tomem um refri, sei lá... vcs vao ver que não há nada disso

Paula: Um absurdo a opinião do Raone abaixo, sinceramente. Sou hétero e acho que qualquer pessoa tem direito as mesmas demonstrações de afeto que tenho com o meu marido, e achar que isso é "libertinagem" é uma ideia homofóbica e hipócrita.

Garoto_do_Rio: Iago Rodrigues, malditas férias escolares . . .

RAONE: Concordo com o funcionário. Não precisamos nos expor para o público. Pra quê? Pra mostrarmos que estamos namorando? Que somos gays? Pra impor ou pra arranjar confusão mesmo? Militância? Temos nossos meios para beijar, fazer sexo, etc. Gays estão confundindo liberdade com libertinagem.

Iago Rodrigues: que preconceito na minha cidade nao tem isso nao vc da cidade grande tao com mais preconceito do as pessoa de interior vc ai que tinha que dar o exemplo para nos vc nunca vir um casal gay se beijando nao vc é de qual planeta vc ta parecendo nem ser fala em palavra ......... vc nao tem nada haver como a vida do outro se as mulher pode ficar em praça publicar por que eles tambem nao poder ? e tem mais se isso acontecer comigo eu mandava ou fazia de tudo para fechar essa lanchonete vulga se é ambiente de familar deixar so para a familia dele quero ver se ele vai sutentar a familiar dele com que

Eduardo: Cara sou gay, porem acho que para termos respeito, temos que respeitar o direito dos outros, no Brasil as coisas não são tão faceis assim, tem muita senhoras e senhores de idade que não foram acostumado com esta tal liberdade gay, por tanto não custa nada respeitar estas pessoas. Se dentro de sua casa voce não aceita um casal hetero se beijando ou em outros atos mas avançados, porque então querem frazer o mesmo em suas casas?

André Camargo: É COMO EU DIGO E REPITO, O POVO FALA TANTO QUE SOFRE PRECONCEITOS, AGORA PERGUNTO DE NOVO, ALGUÉM AQUI GAY OU NÃO, GOSTARIA DE VER ALGUÉM DA FAMÍLIA OU UM QUERIDO(A) AMIGO OU COLEGA, NAMORANDO UM ESTUPRADOR DENTRO DE SUA CASA OU POR ONDE VOCÊ ESTIVESSE CAMINHANDO, OU VER DUAS TRAVESTIS ANDANDO NA RUA COMO AS MULHERES SE VESTEM VULGARMENTE POR AÍ, OU ACEITARIAM, VER DROGADOS CONSUMINDO DROGA, OU ALGUÉM DE SUA FAMÍLIA OU NÃO NAMORANDO OU VIVENDO COM UM CORRUPTO, LADRÃO, ASSASSINO, DEFICIENTE FÍSICO, PRETO, BRANCO GORDO, JAPONES , BARBUDO OU SEM BARBA, OU GORDO OU UM MAGRELO OU UM BOMBADO, COM UM CAARA TODO CORRETINHO, OU UM TODO MALOQUEIRO, COM UM POBRE DESEMPREGADO, OU COM UM MORADOR DE RUA, OU COM UM EXECUTIVO (AHHH EXECUTIVO MUITA GENTE IA QUERER), EU SOU ((( GAY TB))) MAS PERCEBO QUE NUNCA FUI INSULTADO OU DESCRIMINADO À NÃO SER PELA COR,JA FUI DISCRIMINADO POR SER MAGRO, POR USAR ÓCULOS, POR NÃO TER VIDA FINANCEIRA ESTÁVEL, SOFRI ESTES PRECONCEITOS PELO PRÓPRIO PUBLICO GAY, E COM

Alexsandro Matias: Exibicionismo gratuito sem necessidade !!! Em outras palavras a lanchonete está certa,sou gay, mas não esponho minhas intimidades as outras pessoas.Existe Motel e outros lugares reservados para isso.O que o pessoal Gay precisa aprender,é que nem todo lugar é uma boate GLS.

Marco Lima: "Eu vejo um museu de grandes novidades" (cazuza) O tempo não para, o preconceito não para. Alguém falou de hipocrisia, outro falou que não há conformidade se uma criança ver um casal gay se beijando! Nossa! Cansa! Uma hora a gente cansa! E não dá vontade de ser gay, não pelo preconceito da sociedade, mas pelo preconceito da nossa comunidade! Mas a culpa disso tudo é da falta de educação de base! Já repararam nos textos?! Como verbalizam suas idéias?! Respirem! Estudem! E depois nos digam o que pensam! #BeijaçoFeelings

silvia de oliveira: Eu sou transexual e não gosto de ver casal heterosexual se beijando em publica, que dirá casal gay, um pouco de repeito ao próximo não faz mal a ninguem, se esta lei existe, vamos dar um jeito de exlui-la, não admito isto, é falta de respeito. FAÇA-ME O FAVOR

marcos: Aver minha gente nao podemos esperar que toda a populacao estaja preparada para ver este tipo de coisa nao, eu sou gay mas entendo perfeitamente que em um local publico onde pode ser frequentando sobretudo crianca ainda nao estao preparados para ver um beijo gay mesmo, entao cabe a nos gay tambem se dar mas um pouco o respito agora porque existe a lei da homofobia qualquer situacao ja transforma em uma polemica. queremos respeito mas temos de saber dar respeito tambem, eu sou e serei incapaz de protagonizar um beijo gay dentro de um estabelecimento familiar ponhamos no lugar dos demas a populacao ainda nao estao 100% acostumada vamos esperar um tempo primeiro que as pessoas se acostuma gente.

sxhibition: @ Karine Claro né, como sempre 2 mulheres podem se pegar a vontade... até parece que AINDA não sabe dessa...

Msi: Frequento a lanchonete a anos..... o que eu acho é que antes de vcs darem beijos aqui vem crianças, imagine as crianças vendo isso que constrangimento.... servem almoços é um ambiente familiar imagine a situação.

julio: " A hipocrisia está por todos os lados" . Sempre que ocorre uma atitude como essa, vejo todos se inflamarem, se engajarem na causa dos tais direitos LGBT. Mas muito pouco mesmo se discute a respeito da realidade crua e como a partir dai, realmente conquistar mais espaço.Existe a hipocrisia do dono do tal bar e do outro lado a hipocrisia do casal. Os dois sao hipocritas!!! Um pq tenta negar a diversidade e outro por achar que todos sao obrigados a aceitar tudo, desde que essa coisa chata chamada de "O Politicamente Correto ", mais um produto enlatado daquela decadente sociedade Americana(HIPOCRITA) dominou o mundo. Sabe, ficar indignado com a postura do cara do bar e uma grande bobagem. Tudo e muito recente ainda na discussao sobre a diversidade, acho que nem tem 10 anos que as coisas começaram a" sair do grande armário"... entao acho hipocrita e infantil achar que agora 100% da sociedade TEM que aceitar e pronto. Vale divulgar o nome desse estabelecimento e boicotar e pronto... quem

Fabio: Concordo plenamente com o Pedro pessoas limitadas, mente fechada e preconceituosas só tem a perder na vida.....Quem somos nos para atirar pedra em alguem muitas vezes, Um casal hetero faz varias coisas erradas e totalmente desnecessarias, aqueles que estao matando roubando e pra sociedade continua sendo filhos de Deus agora um gay é semple excluido e ridicularizado ..

RJ: Garoto_do_Rio, em motel as pessoas vão para fazer sexo. Beijar é demonstração de carinho. É rídiculo ter de ficar trancado e isolado do mundo para poder demonstrar carinho a quem se gosta/ama. Em tempo, já cansei de ver casais héteros praticamente fazendo sexo por cima da roupa em praças, lanchonetes, metrô, ônibus e ninguém dá a mínima. Essa história de dois pesos e duas medidas tem de parar. Ainda mais em SP que propaga aos 4 cantos do mundo que é uma megalópole e centro de uma sociedade moderna e evoluída. Lêdo engano.

RODRIGÃO: EU LIGAVA IMEDIATAMENTE PARA POLICIA SOLICITANDO UMA VIATURA PARA FAZER UM BO CONTRA O ESTABELECIMENTO E O FUNCIONARIO E PARA ELE ME DIZER EM FRENTE AOS POLICIAIS ONDE ONDE TEM LEI QUE PROÍBE BEIJOS EM LUGARES PUBLICOS. E AINDA PROCESSAVA OS DOIS. RSRSRS

Alves: Toda historia tem 2 lados, NÃO ESQUEÇAM DISSO!!Tanta criança sendo molestada, sendo acredida e NINGUEM faz nada...., vms ter calma e resolver as coisas com sabedoria!!Se somos contra agressoes não podemos agredir!!

Alex: Tais atitudes são mais visíveis a quem sofre tal preconceito. Tenho certeza absoluta que não proíbem casais héteros de se beijarem, portanto se trata realmente de homofobia. Um país que pretende receber Olimpíadas e Copa do Mundo quer se mostrar intransigente quanto à diversidade sexual incluindo em seus méritos agressões físicas, homicídios e maus tratos sem haverem punições severas.

Ellen: Todos nós sabemos como é o nosso país.Então,para evitar fadiga,eu penso da seguinte forma:evite determinado comportamento em determinados locais para evitar esse tipo de situação.Simples assim.

Fabio Koga: Eu vi a cena, e não houve nenhuma ameaça ao casal, e o funcionario apenas pediu que parassem com o ato de se beijarem, e isso apenas uma vez, e de forma não agressiva,não foram expulsos nem convidados a se retirarem, a discussão houve apenas por parte do casal, e havia mais clientes no local, e a cena esta registrada pelo circuito de cameras do estabelecimento. O casal que retrucou e levou a repreenda para o lado homofobico, me parece que por serem homossexuais qualquer comentario ou advertencia ser torna caso de homofobia, a homofobia neste caso me parece só existe na cabeça do casal, pedir respeito não é homofobia, é um direito de um estabelecimento como outro qualquer. Há restaurantes que não permitem clientes com chinelo e bermuda, isso é discriminação? Bom senso senhores.

José Prestes Neto: Depois eles querem ser respeitados, é brincadeira... VAI BRASIL...!!!

Garoto_do_Rio: Kadu Abecassis, Fo**-se!!!

julio: esse homem deve ser preso. crime de ódio seguido de ameaça. beijaço nessa lanchonete já!!

marcos: essa lanchonete teria que ser fechada e seu proprietario preso!

Karine: Gente, vamos ser imparciais! Eu almoço na parada todos os dias, almocei muitos meses lá com minha namorada, e nunca fomos maltratados, pelo contrários, todos nos tratam muito bem, muito bem mesmo. Já passei várias sextas de Happy Hour, comemorei meu aniversário lá e nunca houve qualquer comentário ou tratamento diferente, pelo contrário. Não acredito que tenham agido desta forma....

Esteban: Ainda nao entendo cómo uma cidade como Sao Paulo seja tão homofobica e com pessoas de pensamento terceiro-mundista, pelo menos o estado de SP que é o mais desenvolvido do Brasil enteiro. O Goberno estadual paulista precisa fazer uma rapida re-educão civica dos paulistas pra que sejam exemplo do pais enteiro.

Luciano: Quem não gosta de ver demonstrações de afeto entre casais em público, repreenda casais heterossexuais quando fizerem isso, já que eles são campeões em se pegar em público. Se vamos repreender, vamos repreender demonstrações de afetos de todos os lados.

Paullo: Olha, Sao Paulo é imensa, uma supermetropole, um lugar onde tem de tudo. Mas ainda está um tanto longe de ser moderna ou verdadeiramente cosmopolitana.

Linda Emanuély: Hei povo da ACAPA, parem de censurar os comentários meu, da Renard e da Dita. Vou escrever o meu de novo - cade o boicote com relação aos bares da rua Augusta? Não rolou, ta cheio de biba maldita que não tem amor próprio e continua frequentando aquele gueto dos inferno. E agora vão querer provocar beijaço na pora dessa lanchonete de quinta - tivessem feito isso na Offoner da rua Oscar Freire, quando o gerente de lá expulsou o casal gay, pelo menos lá é um local naturalmente arco-íris com beachas saindo pelo ladrão. GAY EMANUÉLY - SEMPRE GAY EMANUÉLY!

Antonio: O ideal ? Boicote ! Divulgar em todos os sites de relacionamentos para NENHUM gay pisar nessa lanchonete. Vamos deixar apenas para os héteros. Quero ver se, com o tempo não sentirão saudades do nosso dinheiro ...

tamara trans: se não me engano, enviei um comentário sobre o filme ''orações para bobby'' e não vi meu comentário publicado. quanto ao casal os dois que me perdoem, mas já diz o ditado: quem tá na chuva é pra si molhar! já não tinham lido e nem ouvido falar sobre o que aconteceu com a thammy e sua então namorada que passaram, pela mesma coisa numa confeitaria ou padaria?

alex: VOLTEM LÁ COM CAMERA ESCONDIDA E CONSIGUA UM CASAL HETERO PARA SE BEIJAREM, E VEREMOS S E REALMENTE AQUELE É "UM AMBIENTE FAMILIAR".

DITA PARLO: Meu comentário, para esta notícia, foi amplamente censurado. D E T E S T O coisas desse tipo. Fica a dica. Quanto ao Renard, há uma pequena diferença entre nós: ele gosta de JAGUAR e eu de BMW. (risos)

Kadu Abecassis: garoto-do-rio, você é um babaca.

Renard: "marcos": pela centésima vez permita-me dizer-lhe que não sou "alter-ego" de ninguém, não conheço a "DITA PARLO" nem a "wanda" e muito menos a "Linda Emanuély", sempre assinei Renard, não trabalho em "A Capa" (se trabalhasse seria menos censurado...rs), e não comentei nada sobre o assunto deste tópico porque não seria liberado então seria perda de tempo.

Cesar Machia: Odeio viados preconceituosos e suas opniões morlaistas e retrogradas como as que estou lendo abaixo. Coisa de gentinha e baixa escolaridade, medrosa e que se curva a heteronormatividade arcaica. Essa raça é que FODE o andamento das nossas conquistas. Beijaço ja na frente desse estabelecimento e 10.948/2001 neles TAMBÉM. EU DU-VI-DO que se fossem heteros se beijando, que seriam reprendidos com um faca na mão.

marcos: KKKKKKKKK, essa "wanda o´kull" é a wanda la wanda? kkkkkkkk E por falar nisso, cade o "renard", seria ele o alter-ego da wanda, ou da Dita parlo, ou da gay emanuély? kkkkkkkk

Garoto_do_Rio: Sou gay mas acho certas demonstrações de carinho praticadas pelos mesmos desnecessárias. Se sabem que É assim, pq não fazer em casa, hotel, sei lá?

Fujiro Nakombi: ô Costa, se você não gosta da coisa o problema é seu! Deve jogar naquele time do: quando eu faço é amor, quando os outros fazem é pornografia. Ou com uma celveja na mão e um cigarro na outra ficar malhando maconheiro. O que ninguém é obrigado é tolerar imbecis que arrotam regras... Dá que passa!

Costa: Isto me parece pura birra e provocação desta dupla? Pois que eu saiba casal significa um homem e uma mulher juntos.Ou macho e fêmea.Ninguém é obrigado a presenciar determinadas cenas só porque fulando e beltrano se acham no direito de fazer uma ceninha.O direito de uma pessoa termina quando começa a de outra.

Jeferson: HA HA HA.....Só rindo mesmo viu... Pessoas preconceituosas demais, funcionário de merda! Realmente concordo com o Pedro, é bem a cara dessa gente preconceituosa que nunca vai sair de trás de um balcão de lanchonete! HIPÓCRITAS!!!!

Linda Emanuély: CADE MEU COMENTÁRIO HEM? GAY EMANUÉLY - SEMPRE GAY EMANUÉLY!

DITA PARLO: Novamente, fui censurada.

Adriel: Esse marcelo halier é uma piada! Ele fez pra provocar eu tenho certeza! nao entendo essa necessidade de se beijarem em publico pra todo mundo ver! ainda mais do jeito que ''eles'' fazem(se lambendo todo)!

Clemyllson: Nada de nojento, nós somos todos seres humanos, é melhor dois homens se beijar do que dois homens se matarem, o próprio Deus disse amaivós uns aos outros como eu vos amei...

lamby: Calma galera eu tava brincando... Beijar é bom e faz parte da vida de todas as pessoas felizes, não há lugar pra duas pessoas que se gostam e se amam se beijarem, é um ato espontâneo. Sejam hetero ou gays, os casais que se amam podem e devem se beijar onde quer que seja. Com algum bom senso claro.

lamby: Eu acho nojento, tanto hetero como gay se beijarem em público, é muito constrangedor, isso se faz em locais apropriados.

Everton Henrique: acho absurdo isso e em questao a comentarios dizendo sobre crianças acho que a o preconceito parte dai" a infancia! acho que uma criança deve saber sim que existem pessoas do mesmo sexo que ''se amam'' pois tenho filhos de amigos que sao crianças entre 8 a 13 anos que sabem da minha relaçao, e os pais delas aceitam pois querem criar um mundo sem preconceito " pois até meu irmao que tem 12 anos nao vai virar gay só pq é uma opçao minha !

Wanda O´kull: curiosamente, nenhum canal de TV veiculou essa notícia...

Raul: Estou com o que disse Arnold Filho. Assino embaixo. Criança se chocar? Isso é coisa de adulto homofóbico (consciente ou inconsciente). Carinho não choca e é desde cedo que se aprende a não discriminar. Quanto à referida espelunca: BOI-CO-TE! Parada com beijaço em frente à tal lanchonete.

Rafael: Ahh, é ridículo a atitude do dono do bar? É! Não há dúvidas de que ele é um escroto. Mas sinceramente... de onde dar beijaço na frente do estabelecimento impõe algum respeito? Tá na hora de a gente parar de achar que botar um short de couro com um chapéu de policial vai fazer com que alguém escute o que a gente tem a dizer. Tá na hora de a gente parar de querer pedir respeito dos outros chocando como se fosse criança querendo chamar atenção dos pais. Sinceramente... só se pode pedir respeito se a gente também estiver disposto a respeitar!

Adriano: À Ana. A cabeça das crianças deveria realmente estar mudando. Elas deveriam ser criadas para viver num mundo onde existe diversidade e aceitar sem preconceitos essas coisas. Os pais que são preconceituosos. Afinal, por que as crianças devem aprender que o "normal" é o relacionamento hétero? Isso já é uma imposição preconceituosa. Para crianças, um beijo é apenas um beijo. Uma demonstração de carinho. Deveriam aprender que existe todo o tipo de amor entre seres humanos! Quem costuma achar "constrangedor" e "desrespeitoso" é que precisa realmente rever seus conceitos antes de se dizer liberal ou que não tem preconceitos! Pelo que a reportagem diz, foi apenas um simples e carinhoso beijo, que não deveria ofender ninguém.

Luciano: Ana, sua imbecil homofóbica. Eles já disseram que não tinha ninguém mais lá além deles. Além do mais, foi um beijo inocente. Se você estiver num bar com uma criança e um casal heterossexual começar a se pegar, você vai tapar os olhos da criança? Aposto que não. Já vi que você vai tapar os olhos do teu filho quanto à diversidade sexual, e quem sabe, criar um futuro homofóbico espancador de gays no futuro. Não concorda com a atitude deles? Eu também não concordo com a visita de gente ignorante como você aqui num site direcionado aos gays.

Luciano: Se fosse um casal de homem e mulher, eles poderiam até se agarrar ali dentro que eles não iriam ser advertidos. O cara da lanchonete já se mostrou ignorante ao duvidar da lei que pune estabelecimentos homofóbicos. Espero que esses dois processem esse estabelecimento e esfregue na cara do homofóbico a lei.

Anterior  1 2  Próxima 

Ofertas Atirados

 

 

Cueca Breathable Mesh - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Cueca com Fechos Magnéticos Break A Way - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 125,90

 

 

Cueca Maximum Front Enhancement - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Jockstrap Maximum - Branca - Coleção Envy

 

Preço: R$ 199,00
PROMOÇÃO: R$ 169,90


É expressamente proibido a reprodução parcial ou total de qualquer conteúdo do site A Capa sem prévia autorização por escrito dos responsáveis.
A Capa na iTunes App Store A Capa no Android Market RSS Facebook Twitter SoundCloud
Cadastre-se no informativo