Homofobia: maioria dos gays sofrem agressões da própria mãe
Por Redação em 07/08/2012 às 18h54

Além da matéria sobre as cirurgias de mudança de sexo na Tailândia, o Fantástico do último domingo (05) também exibiu uma reportagem sobre a homofobia no Brasil.

De acordo com uma pesquisa apresentada pelo programa, realizada pela Secretária Nacional dos Direitos Humanos, a maioria dos homossexuais são agredidos dentro de casa.

"Violência física, discriminação, humilhação e ameaça. Meus dois irmãos também não aceitam, não falam comigo. Eles falam que eu tenho uma doença. É como se eu morasse em casa, mas fosse um estranho. Eu me sinto um estranho hoje. Eu não me sinto um membro da família", diz o relato de um dos entrevistados, que preferiu não se identificar.

O estudo analisou 7 mil denúncias feitas através do Disque 100, serviço de denúncias contra violações dos direitos humanos.

"Justamente para que no momento em que a pessoa faz a denúncia, ela seja recebida com todo o respeito e exista uma investigação. Nós identificamos também que as circunstâncias de impunidade também no caso dos crimes de caráter homofóbico contribuem", declarou Maria do Rosário, Ministra dos Direitos Humanos.

De acordo com a pesquisa, são as mães as que mais agridem os filhos pelo fato de eles serem gays. Felipe Santos Maio, que trabalha como voluntário no Grupo de Pais de Homossexuais, faz parte da estatística.

"Tivemos um desentendimento, ela me bateu e aí dois dias ou um dia depois eu saí de casa. Ela falou: 'olha, eu não quero mais você aqui porque não dá, você não muda e eu não aceito. Meu filho pra mim morreu quando você falou que era homossexual'", lembra Felipe.

Em 24 horas, o Fantástico recebeu mais de 50 relatos de gays que sofrem agressões.

"Durante três ou quatro anos foram violências constantes. Surras, meu pai me jogava no chão e batia com os dois pés em cima de mim. Meu pai falava que ia orar para Deus para Deus me matar, para Deus me levar porque ele não queria ter filho homossexual", relata outro jovem.

A matéria completa você assiste abaixo.



Você gostaria de conhecer seu próximo namorado?

Se você quer conhecer vários caras bem próximos da sua casa ou do seu trabalho, nós temos uma solução completa e experiência de mais de 14 anos formando casais gays para namoro, casamento e também para uma noite de diversão.

Você só precisa se dedicar um pouquinho fornecendo suas informações com uma boa foto e pronto! Vários caras vão bater na sua porta querendo um pouquinho de você.

Gostou da ideia? É bem fácil, basta clicar aqui nesse link e digitar o seu e-mail para ter tudo isso.

Link 

ÁLBUM DE FOTOS


COMENTÁRIOS
Nome  
E-mail  
Comentário  
Autorizo a publicação do meu comentário no site.
Incluir meu e-mail no mailling do A capa


Linda Emanuély - Um dia a minha caiu na besteira de me xingar de maricona e outros adjetivos bem desagradáveis e com profunda agressão, pra que... olhei nos olhos dela e disse: - você a vida inteira teve jeito de macho, não sabe passar um baton, não sabe se vestir, tem mão de pedreiro, é briguenta, adora passar a frente do pai em tudo, é como a leoa que sai pra caçar e servir o marido, mas no teu caso vc chuta os filhos, nem pra leoa serve, ENTÃO VAI TOMAR NO SEU CÚ SUA VELHA FILHA DA PUTA. GAY EMANUÉLY - SEMPRE GAY EMANUÉLY!

HeDC - Mesmo que fosse opção seria errado discriminar porque é apenas uma variante, nada de "oposição" a heterossexualidade, mas como se é fica mais grave. É isso mesmo Luciano, e o pior, nessa angustia e infelicidade fica-se mais propensos as práticas inseguras de sexo, vícios e etc colaborando para a piora geral dentro do meio hétero inclusive. Ou seja, tudo violência!

wagner - ..A materia do fantastico foi produzida na amadoristica,relampago e irresponsavel,sem preocupar com a sencibilidade do mesmo.uma tragedia a materia,dado-se ao nao profissisonalismo uma vez que se requere um conhecimento mais amplo e que exige inteligencia e especialistas comentando sobre o assunto que se trata de grande importancia..ridicula se vc considerar o (time-frame) da materia,irresponsavel e covarde,com uma boa dose de atipicos emocional,sencionalismo e de baixo teor humanistico,degradante..os termos (PAI) e (MAE) nao podem ser usados simplesmente por um cafageste de pau duro que transou com uma mulher que deu a luz,ao mesmo tempo ser chamada de mae..mae nao eh quem deu a luz..o mundo ta cheio de gente desiquilibradas,despraparadas sem conhecimento de nada,100% ignorantes,sem valor academico,estupidas..imagina essas pessoas terem sexo e gerar familia como mostrado na materia.ha homens e mulheres que mesmo sabendo que estao bebados e drogados geram filhos..estupida e irresponsav

Luciano - É por causa disso que muitos gays namoram mulheres e se casam. Tudo isso para satisfazer a vontade da família e camuflar a sua homossexualidade. O resultado disso, nós já sabemos: homens infelizes e não satisfeitos e tendo que recorrer aos garotos de programa, cinemas pornôs, banheiros públicos, cabines de sex shops, saunas etc para satisfazerem seus desejos com outros homens enquantos as idiotas das esposas e namoradas estão longe e nem imaginam o que eles estão fazendo.

Arnold Filho - Fico profundamente irritado com pessoas homofóbicas que entendem que a sexualidade é opção. Como disse uma das pessoas entrevistadas: ela não escolheu ser assim, ela simplesmente é assim.E ainda vem patifes que se apresentam como religiosos que dizem que se trata de comportamento, que pode ser modificado.É a soma da ignorância, da patifaria e do fanatismo religioso.Resultado: homofobia pura.