A Capa


Grupo LGBT reproduz versão gay erotizada da Santa Ceia e causa polêmica na Itália

Por Tiago em 14/04/2017 às 15h32

Grupo LGBT reproduz versão gay erotizada da Santa Ceia e causa polêmica na Itália

Religião e erotismo são como água e óleo: por mais que tente misturar, serão sempre divergentes, sobretudo se o erotismo em questão for homoafetivo.

Em Salerno, na Itália, a organização LGBT Divercity, causou polêmica ao reproduzir uma versão gay e erotizada da Santa Ceia, para divulgar uma festa que aconteceu na noite da última quinta-feira (Santa para os católicos), 13. A imagem mostra Jesus com seus doze discípulos despidos ou com pouca roupa, se beijando e em uma espécie de kama sutra sexual. 

A resposta da ala conservadora da cidade foi imediata. Raffaele Adinolfi, representante local do partido II Popolo della Famiglia, disse que, em nome da organização, é seu deve "expressar publicamente nossa indignação e convidar todos os habitantes de Salerno, crentes e não crentes, a fazerem o mesmo".

LEIA TAMBÉM: Campanha de roupa íntima une homens gostosos com cachorros fofinhos; veja

"A imagem é ofensiva e alternativa a apenas uma coisa: o bom gosto" continua Adinolfi, que expressou um pedido para que a festa fosse cancelada. Para ele, as minorias querem respeito, mas não estão dispostas a respeitar o outro lado.

OUTRO LADO

Em resposta no Facebook à ofensiva do partido conservador, Emanuele Avagliano, um dos organizadores da DiverCity, declarou que eles respeitam "a opinião alheia, mas igualmente reiteramos com força e convicção nossa liberdade para vivermos e nos divertirmos da maneira como acharmos melhor", escreveu. "Além disso, enfatizamos que a peça de comunicação que utilizamos não tem como intenção blasfemar, nem ofender, nem desrespeitar", defendeu.

"Nossas cores, nossos sorrisos e nossos corações não podem nem devem ser contidos por pessoas que se escondem por trás do racismo político e da homofobia", finaliza Avagliano.

Em maio de 2016, a Justiça da Itália legalizou a união entre pessoas do mesmo sexo no país.

Com informações do Lado Bi



Você gostaria de conhecer seu próximo namorado?

Se você quer conhecer vários caras bem próximos da sua casa ou do seu trabalho, nós temos uma solução completa e experiência de mais de 14 anos formando casais gays para namoro, casamento e também para uma noite de diversão.

Você só precisa se dedicar um pouquinho fornecendo suas informações com uma boa foto e pronto! Vários caras vão bater na sua porta querendo um pouquinho de você.

Gostou da ideia? É bem fácil, basta clicar aqui nesse link e digitar o seu e-mail para ter tudo isso.



Você quer receber nossas noticias por email?



Link

Comentários








piccolino: Ops, digitei errado: século XXI.

piccolino: Chegamos ao século XIX e sexo continua como 'coisa do diabo' (o clássico de terror O Exorcista que o diga... rsrsrs). Um artista plástico, há alguns anos, exibiu em Nova York suas impressões muito particulares do cristianismo. Uma das instalações consistia em um crucifixo mergulhado em urina. Alguns muxoxos aqui e ali, mas nada muito além disso. Agora, nessa página, gays pedem a pena de morte a seus semelhantes por exibirem personagens do novo testamento fazendo...sexo!!! Fanatismo e ódio, os radicais religiosos têm muito a aprender com esses "gays". Ah sim, aquele artista plástico não era gay.

Claudio: se "respeito é uma moeda de troca" e os gays já não são respeitados pelos religiosos, então os gays não tem porque respeitar religião a troco de nada, oras !

Rodrigo: Por favor, isso não é arte nem aqui e nem no curso de pintura de guardanapo da minha avó Nicolina. Muitos gays sem limites gritam por respeito sem ao menos saber o significado da palavra, não respeitam ninguém. Não mexa com as imagens, a fé e a devoção alheia - "respeito é uma moeda de troca".

Renard: Gostaria de ver uma versão gay da "Santa Ceia" ou uma apresentação da "Paixão de Cristo" com a "Linda Emanuély", o "Bruno Pelachin", o "Max", o "Cara do Rio" como Jesus e outras figuras que por este site abundam....

j.: relamente excessivo e nada a ver é a debochitização de uma religão e de varios outros coonceitos deploráaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaavel mas respeito acabar os gays não querem serem mortos, estuprados e queimados não se devem fazer chacotes comcoisas serias o inimigo é que gosta e se sente mais endossado para massacar e tucridar os gays depois os gays querem respeito como vão ter se eles mesmo não tem respieot nem com eles nem com as crencas conceitos dos outros delporavel não crucifiquei a travesti pregada na cruz mais isso essas kama sutra foi concedenavel merece queimar anquele lugar acaba não queremeque odeiem as bichas coitadas que deus tenha piedade homofobia é crime mas blasfemia tb

Carlfer: Acho desnecessário mexer com símbolos religiosos, porem o que eu vejo nos religiosos é de uma hipócrisia.Fazem um escândalo por causa de uma imagem ou passagem bíblica mas não aplicam em suas vidas as palavras de Cristo. Q é o q realmente importa.

DITA PARLO: Tesão. (risos)

Max: Por onde anda Bruno Pelachin? Apesar de discordar dele por diversas vezes, sinto falta dele.

Anterior  1  Próxima 

Ofertas Atirados

 

 

Cueca Breathable Mesh - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Cueca com Fechos Magnéticos Break A Way - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 125,90

 

 

Cueca Maximum Front Enhancement - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Jockstrap Maximum - Branca - Coleção Envy

 

Preço: R$ 199,00
PROMOÇÃO: R$ 169,90


É expressamente proibido a reprodução parcial ou total de qualquer conteúdo do site A Capa sem prévia autorização por escrito dos responsáveis.
A Capa na iTunes App Store A Capa no Android Market RSS Facebook Twitter SoundCloud
Cadastre-se no informativo