A Capa


Beeshas do Brasil: Roberta Close, a primeira transexual popstar do país

Por Lufe Steffen em 31/03/2011 às 19h13

Beeshas do Brasil: Roberta Close, a primeira transexual popstar do país

Em tempos pós-BBB11, que teve como uma de suas atrações a transexual Ariadna, vale a pena recordar aquela que foi a primeira transexual popstar do Brasil: Roberta Close.

Luís Roberto Gambine Moreira era o nome de batismo da criança nascida em 7 de dezembro de 1964, no Rio de Janeiro. Dezenove anos depois, no início de 1984, ela despontou para a fama ao posar em fotos eróticas para uma revista passageira, chamada "Close". As pessoas passaram a chamá-la como "a Roberta da Close", referindo-se à tal publicação, e o apelido pegou. Daí o nome: Roberta Close.

No Carnaval de 1984, Roberta chamou a atenção da mídia e da imprensa carioca, e virou musa daquele verão. Ao longo daquele ano, ela posou para outras revistas, como a "Playboy" (em maio) e a "Ele & Ela" (setembro) - mas não mostrava nu frontal -, além de ganhar as manchetes de jornais e capas de revistas como "Amiga", "Contigo!" e "Manchete".

Da noite para o dia, Roberta virou estrela nacional. A população não entendia direito quem era aquela estonteante morena, e a confusão era geral. Era chamada de "travesti", já que na época a palavra "transexual" era pouco conhecida e utilizada no senso comum. Também se afirmava que Roberta era o chamado "hermafrodita", ou seja, teria os dois sexos.

A própria Roberta tocou no assunto em entrevistas futuras, quando afirmou ter nascido com "um pênis diminuto e ausência de testículos". Segundo ela, aos 12 anos surpreendeu-se com o surgimento de seios. Na adolescência, o enigma se instalou de vez.

Celebrando essa confusão entre homem e mulher, a dupla Roberto e Erasmo Carlos compôs a canção "Close", que Erasmo gravou. O próprio cantor estrelou o clipe, ao lado de Roberta - o clipe foi exibido no "Fantástico" e a música estourou no Brasil inteiro. Bons tempos pré-politicamente correto e pré-moralismo e conservadorismo, quando dois ídolos populares como Roberto e Erasmo não tinham medo de lançar uma canção em homenagem a uma "travesti".

"Travesti" ou "Transexual", Roberta continuou na mídia e frequentou programas de TV como o "Viva a Noite" e o "Comando da Madrugada", do SBT, o "Perdidos na Noite", apresentado por Fausto Silva na Gazeta, depois na Bandeirantes e depois na Record, e até um especial só para ela, batizado de "Big Close", onde Roberta entrevistou Xuxa - o vídeo já é um clássico do YouTube, principalmente o trecho em que Xuxa e Roberta imaginam o que fariam juntas em uma ilha.



Roberta chegou a se arriscar como atriz, atuando em projetos como o filme "O Escorpião Escarlate" (1989), de Ivan Cardoso, e participações em humorísticos de TV. Até que, em 1989, veio a grande virada: a cirurgia de mudança de sexo, realizada em Londres. Na sequência, Roberta voltou a posar nua na "Playboy", ainda em 89, desta vez mostrando tudo - e provando que, de uma vez por todas, era mulher.

Nos anos 90, Roberta se ausentou do cenário brasileiro. Ela se casou com o suíço Roland Granacher, e passou a residir em Zurique, na Suíça, obtendo inclusive a cidadania suíça. E iniciou sua luta para obter a mudança oficial de seu nome de batismo. Em 1992, conseguiu uma primeira vitória a respeito em um tribunal carioca, mas em um segundo momento a decisão foi revogada, em 1997. Somente em março de 2005, ela conseguiu o direito definitivo e passou a se chamar Roberta Gambine Moreira.

Em 1998, a jornalista Lúcia Rito lançou a biografia da musa, batizada de "Muito Prazer, Roberta Close", que esclareceu mais um pouco sobre a vida de Roberta. Na época, Roberta havia acabado de atuar na novela "Mandacaru", da extinta TV Manchete, em 1997, e veio ao Brasil para lançar o livro. Dez anos depois, em 2008, ela esteve no programa "Nada Além da Verdade", do SBT, onde respondeu a perguntas, sob o radar de um detector de mentiras. Entre outras coisas, afirmou: "Sou uma mulher normal, completa, com orgasmos e ponto G".

A mais recente aparição de Roberta, hoje com 46 anos, na mídia nacional teve a ver com Ariadna. As duas entraram em conflito após uma entrevista de Roberta na saída de um baile de Carnaval no Rio, em março último. Perguntada sobre o motivo de Ariadna ter sido eliminada logo na primeira semana do "Big Brother Brasil 11", Roberta não teve dúvidas: classificou Ariadna de vulgar. "O brasileiro está acostumado com Rogéria e Roberta Close, ou seja, exige algo mais belo e sofisticado".

A declaração causou muita polêmica, claro, e Ariadna revidou no Twitter, garantindo que não estava "nem aí" para Close, e que era preciso "respeitar os mais velhos".

Nada disso, no entanto, vai apagar o brilho e o carisma de Roberta Close, que para sempre deterá o título de ter sido a primeira transexual a posar para a "Playboy", e mais: em 2005, a extinta revista "Flashback", dedicada aos anos 80, publicou edição especial com um ranking das 80 mulheres que marcaram a década. E eis que, no final da revista, os editores - todos eles, jornalistas homens heterossexuais - revelam a primeira colocada: Roberta Close.

Sim, Roberta Close acabou sendo considerada a Mulher Número 1 da década de 80 no Brasil - o país do machismo e da hipocrisia sexual. Fica a dica.



Você gostaria de conhecer seu próximo namorado?

Se você quer conhecer vários caras bem próximos da sua casa ou do seu trabalho, nós temos uma solução completa e experiência de mais de 14 anos formando casais gays para namoro, casamento e também para uma noite de diversão.

Você só precisa se dedicar um pouquinho fornecendo suas informações com uma boa foto e pronto! Vários caras vão bater na sua porta querendo um pouquinho de você.

Gostou da ideia? É bem fácil, basta clicar aqui nesse link e digitar o seu e-mail para ter tudo isso.



Você quer receber nossas noticias por email?



Link


Fotos

Comentários








: Elas duas novinhas que lindas 😉

Alexandre: Ela está certíssima! Vivendo lá fora, o recadinho está dado... Deve continuar a viver num país onde o respeito a cidadania é real. O Brasil está cada dia mais vulgar e inseguro. E quanto Ariadne, dizer o que sobre ela??? Não tenho nada contra ela, mas o que dizer de pessoas como ela e tantas outras piriguetes de BBBs? Colar de beijos vindo diretamente da Suíça, tá meu bem?!?!?

Dina: A Roberta sempre foi um exemplo de superacao, ainda mais num país cheio de ignorantes! Ela fez muito bem de ter ido embora para Suica, e também mereceu ter arrumado um gato holandes. Ela merece ser muito feliz! e continuar morando na Europa.

Beatz Prince: Nossaaaaa *-* é a primeira vez ki leio algo sobre ela .. eu sabia ki ela era uma diiva mas ... agora é um Divonássaaa pra mim *-* e eu naum sabiia ki ela era tão linda ahsuhaush Poxa , amei a matériia *-* e amei o fato dos cariinha terem eleito ela á mulher ki marcou a década de 80 .. Incríivel como o mundo tá ficando velho mas .. sei la .. cada vez mais fecha a cabeça pra esses assuntos ! u_u

Bruna Marx: Roberta Close inspira até hoje uma geração de Transexuais e Travestís, seja pela beleza ou mesmo pela postura sempre impecável ante as câmeras.. Eu cresci acostumada com sua imagem na mídia... Uma imagem limpa e digna de sua posição em plenos anos 80!!! Hoje em dia é fácil demais ser TRAVECO, por um peito e sair na rua achando que é mulher.. Mas imagine o que ela passou para ter o reconhecimento de uma nação inteira... No caso de muitas, inclusive a tal ARIADNA THALIA (Meu DEUS, ela escolheu esse o nome... ) Mudança de sexo hoje virou um jogo de EGOS.. onde as pessoas nem se reconhecem sexualmente e acham que são mulheres... Vocês acham que a GLOBO convidou uma BICHA OPERADA com esse perfil com que intenção? Diminuir o preconceito? Chamando uma puta? Porque não chamaram uma TRANS Médica? Dentista? Empresária? Prof. Universitária? (Poderia citar vários exemplos).. Essas, escondem sua condição por ser uma coisa muito pessoal e principalmente devido a uma minoria que usa disso para apa

Yoshio: HUAHUAHAUHAUHAUH frase dignissíma de Roberta RICA VS ariadjne

joao batista noleto carvalho: parabéns viu eu sempre adimirei a coragem da roberta clese e sou seu fã a caho vc uma das mulheres mais linda do brasil que pena que vc anda sumida linda viu parabéns mais uma vez ...

ana fadigas: Linda e simpatica Roberta! Tive a felicidade de colocá-la na capa da Revista Sexy , qdo eu era umas das proprietarias da Revista . Seu ensaio feito pelo Tripoli ficou impecável..e na capa , ela inteiramente nua (e mulher ) com uma etiqueta auto adesiva que cobria somente aquela parte feminina ,dizia : PUXE AQUI ! A edição esgotou...adorooooo a Roberta!

Ai que loucura!!!: ...E alguém tem dúvidas sobre o que disse La Close sobre Ariadna? Concordo plenamente com ela! Não vejo nada de interessante nessa moça ex-BBB. Rogéria e Close abriram as portas para descontruir a imagem marginalizada da travesti e/ou transex no Brasil, enquanto na Europa isso já era uma realidade há décadas. Apenas por isso devemos muito respeito a essas fantásticas artistas. A Roberta pode não ter sido a mais bonita, e realmente não era (acho a falecida Telma Lipp mais bonita), mas todos nós temos direito de envelhecer e com Close não é diferente.

lisandro: "Dá um close nela!" - A infância inteira passei ouvindo esta música. Justa homenagem a esta pessoa linda, independente de qual sexo seja!

Renard: Algumas sugestões de perfis para a coluna: Lauro Corona, Conrado Segretto, Ney Galvão, Aparício ( esqueci o sobrenome dele mas foi morto por um michê e era dono da "Rastro"), Hugo Della Santa, Thales Pan Chacon, Caíque Ferreira. Já a Roberta foi pioneira mas não a mais bonita nem a mais talentosa, e nunca foi linda apesar de extremamente simpática. Ótimo que ela tenha conseguido, após anos de luta, a troca do nome pois ela ficava bastante constrangida ao assinar um cheque do "BANERJ" no início dos anos 90.

WANDA LA WANDA: LINDA! Isso tudo antes da era photoshop, lipo silicone!

Romero Miranda: Não serei como alguns que aqui escrevem pra criticar Roberta Close. Realmente concordo que a idade chega prá todos, mas lembrem-se...o vinho, quanto mais envelhecido, melhor. E Roberta é como um vinho françês de ótima safra e edição única. Não haverá neste Brasil outra Transex que chegue aos pés de Roberta. Sinto falta dela na mídia, mas ela, com muito sacrifício, chegou ao sucesso e a felicidade. Muitos não compreendem isso e a acham esnobe e estrela, mas ela pode...afinal é Roberta Close. Bjs

Renato: A entrevista é de 84 e ela diz que tem 23 anos, se ela nasceu em 7 de dezembro ela seria de 1960 ou 1961 dependendo do mês em que foi ao ar e não de 1964.

MARTINÁLIA DI MOZ´LI: SIM AMOR ELA FOI UMA DAS POP´S TARS SIM MAS VC ESQUECEU DE TÉLMA LIP Q TINHA UMA PUTA MIDIA PERLA ROGÉRIA Q NÃO DEIXÃO DE SEREM TRANSEX

Washington: Que Roberta Close merece toda a nossa consideração e homenagens, é fato. Só ela sabe o quanto enfretou preconceitos e superou isso como ninguém. Mas não entendi por que colocá-la aqui. Ela é transexual - seria portanto mulher e heterossexual. Beesha" não é um termo usado para homens gays e, na maior parte, estereotipados? Não entendi a relação com a Roberta Close. Ah, e a foto do Alexandre Frota com o cabelinho a la Justin Bieber foi o melhor da noite...

Luciano Morais: Foi linda, jovem, bela e cativante, depois virou estrêla, pena que continue se achando a última bolacha do pacote, hehehehe... se liga Roberta, existem muitas depois de você, respeita os outros, afinal és uma SENHORA CASADA, de família... já estás na história do Brasil, afinal precoceito e descriminação é crime, o sol nasceu para todos, é uma pena teres falado estas bobagens... mas cada um dá o que tem

DITA PARLO: Ela foi muito linda. Mas, hoje, parece que tem mais de 46 anos, o rosto está meio derretido, enfim, não há botox que dê jeito.

Anterior  1  Próxima 

Ofertas Atirados

 

 

Cueca Breathable Mesh - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Cueca com Fechos Magnéticos Break A Way - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 125,90

 

 

Cueca Maximum Front Enhancement - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Jockstrap Maximum - Branca - Coleção Envy

 

Preço: R$ 199,00
PROMOÇÃO: R$ 169,90


É expressamente proibido a reprodução parcial ou total de qualquer conteúdo do site A Capa sem prévia autorização por escrito dos responsáveis.
A Capa na iTunes App Store A Capa no Android Market RSS Facebook Twitter SoundCloud
Cadastre-se no informativo